Música e sustentabilidade numa só nota

A Reserva da Sapiranga, na Bahia, foi palco de um encontro para troca de saberes entre as instituições participantes do ‘Encontros socioambientais com Lenine – Música e Sustentabilidade numa só nota’, nos dias 12 e 13 de março. O anfitrião, o Projeto Floresta Sustentável, que faz parte do Programa Petrobras Ambiental, recebeu o Projeto CO2 Manguezal e as instituições Casa do SolIlê AyiêCoral VivoPé no FuturoTamar Baleia Jubarte para que pudessem trocar ideias, expor ações e resultados obtidos em suas respectivas áreas de atuação.

 O “Encontros Socioambientais com Lenine – Música e Sustentabilidade numa só nota” tem como objetivo ampliar a conscientização sobre cidadania e o conhecimento de práticas e tecnologias sustentáveis. Para o cantor Lenine, que desde as primeiras composições aborda as questões sociais e ambientais, “o trabalho socioambiental de cada um desses polos só acontece por causa da paixão e abnegação genuína de um grupo de pessoas”, declarou o cantor, que completou: “Essa persistência e continuidade que move os projetos é o que me interessa”.
O projeto CO2 Manguezal é referência na recuperação e preservação de manguezais da Bahia de Todos os Santos. Hoje, ele integra as necessidades de desenvolvimento social e econômico através de ações diretas de recuperação de áreas degradadas e desenvolvendo atividades de educação ambiental. “Além de servir de sustento para inúmeras e importantes atividades econômicas, o mangue também contribui para amenizar o efeito estufa no planeta”, declara o Presidente da Fundação Vovó do Mangue, Antônio Marcos Santos.

 

 

Durante o encontro na Reserva, dois jovens destacaram-se na apresentação criada para Lenine. Luana e Rick Santos, da banda Artylline, frequentadores da Casa do Sol,  foram muito aplaudidos pela desenvoltura. Ao fim, ficou a vontade de mobilizar redes capazes de potencializar cada vez mais o desenvolvimento de práticas de transformação socioambiental.