Projeto CO2 Manguezal participa de reunião do Comitê Comunitário de São Francisco do Conde

IMG-20180816-WA0001

IMG-20180816-WA0002

IMG-20180816-WA0003

IMG-20180816-WA0004

Realizada no dia 14/08, a reunião do Comitê Comunitário de São Francisco do Conde, que aconteceu na Ilha do Paty, contou com a participação de técnicos do Projeto CO2 Manguezal, a coordenadora geral Rosiane Campos e o gerente de Meio Ambiente Carlos Oliveira. A reunião, que acontece todos os meses em comunidades diferentes do município, foi organizada pela Associação Comunitária da Ilha do Paty.

Na pauta do dia, a equipe do Programa de Acolhimento Social (PAS), da Secretaria de Ação Social, falou sobre o programa e tirou dúvidas levantadas pela comunidade e público participante.

Em seguida, os técnicos Rosiane Campos e o gerente ambiental Carlos Oliveira (ambos da Fundação Vovó do Mangue) apresentaram o Projeto CO2 executado pela entidade e falou sobre as ações que já estão sendo desenvolvidas no município de São Francisco do Conde, um dos quatro atendidos pelo CO2 Manguezal – que beneficia também os municípios de Maragojipe, Cachoeira e São Félix.

Os técnicos do projeto, falaram, por exemplo, das capacitações socioambientais para pescadores e marisqueiras e formação de agentes multiplicadores ambientais, além das ações de reflorestamento que serão realizadas muito em breve – em São Francisco do Conde, 56 marisqueiras e pescadores de Muribeca já foram certificados no início de agosto.

Comitê Comunitário – Representado por um conjunto de 45 entidades do poder público municipal e entidades e instituições da sociedade civil local, o Comitê Comunitário funciona de forma autônoma e tem o papel de proporcionar o intercâmbio de saberes entre os atores sociais (sociedade civil, empresas e poder público), visando à construção participativa de alternativas para o desenvolvimento social do município franciscano.

Ascom Fundação Vovó do Mangue